terça-feira, 24 de agosto de 2010

Amor Violento

Trabalho para aula de sociologia...


Eu sei que não poderia e nem mesmo deveria sentir
o que sinto.
Ao te conhecer nunca sonharia em dizer que te amo e tenho medo.
E isso já não é mais segredo....

Mais logo o sentimento acaba quando sua mão sobre a minha face desaba.
Aparece logo me batendo, todo o dia e não é pouco, a dor desatina em
meu peito mais que em meu corpo choro em silêncio e você parece um louco!

Noutro dia te encontro, carinhoso pai muito zeloso, nem parece
o monstro que outra me tivesse maltratado.
Não posso ir a rua se minha face estiver nua, porque todos ão de ver o que fizeste
sem querer.

Meus amigos me aconselham: - "Denuncia este monstro!!", eu digo que não,não quero está
solução pois o amo e não posso... Fazer isso .
Como poderei criar familia se não o tiver do meu lado?

Não posso fazer nada se ele não é mais aquele namorado, que um dia escolhi
para estar sempre ao meu lado.

Michele Bastos.

Curitiba 23 de agosto de 2010
violência contra a mulher é crime denuncie...